domingo, 15 de janeiro de 2012

Dicas para Oração em grupo


Dicas para Oração em grupo

Grupos de oração dentro de uma igreja ou num lar podem constituir-se em momentos inestimáveis para trabalhar junto a sua equipe e com Deus para ver Cristo movendo-se pelo mundo. Agrupar-se em pequenos grupos pode ser bastante proveitoso e eficiente.

As dicas abaixo podem ajudar o seu grupo de oração.

1. Designe um líder.

É uma boa idéia fazer um rodízio na liderança de pequenos grupos de oração. O trabalho do líder é facilitar a oração:

* Fazendo com que as diretrizes sejam seguidas;
* Assegurando-se que haja orações cobrindo completamente um tópico antes de passar para o próximo;
* Abrindo e encerrando o período de oração;
* Controlando a duração da reunião que, para um pequeno grupo de oração típico, deve ser entre 60 a 90 minutos, incluindo um período de louvor e adoração.

2. Designe um secretário.
As funções do secretário são:

* Listar as pessoas presentes (opcional);
* Anotar os temas de oração num caderno de oração. É muito recomendável ter um caderno de oração para que se possa, mais tarde, voltar e ver as orações respondidas ao longo de semanas ou meses de reunião;
* Resumir quaisquer citações bíblicas, ilustrações, visões ou outras coisas relevantes a cada item que foi colocado em oração;
* Deixar o caderno de oração sempre num lugar específico sempre que a reunião de intercessão terminar, para que ele seja facilmente encontrado na próxima reunião.

3. Comece com uma breve oração de agradecimento.
Se possível, seria interessante começar com duas ou três louvores que aquietem os espíritos e preparem o grupo para a intercessão. Louve a Deus por quem Ele é, e pelo privilégio de engajar-se no mesmo ministério maravilhoso que o Senhor Jesus.

Hebreus 7:25 
Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.  


4. Louve a Deus pelo privilegio de cooperar com Ele nos assuntos referentes à humanidade através da oração.


5. Peça a Deus para sondar o seu coração.
* Peça ao Senhor para sondar o seu coração em busca de pecados não confessados que podem impedi-lo de ouvir a Sua voz. Isso pode ser feito em silêncio. Não se detenha muito neste ponto se nada vier imediatamente ao seu coração.

Salmo 66:18  Se eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá; 

Salmo 139:23 e 24  Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos.
E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno. 


* Renuncie à sua imaginação, desejos e fardos em favor do que você sentir que deve ser colocado em oração.

Provérbios 3:5 e 6  Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.
Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. 

Provérbios 28:26  O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria, será salvo. 

Isaías 55:8   Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. 


6. Entregue a sua mente e a sua imaginação para serem usadas por Deus.
# 2 Coríntios 10:3 a 5  Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne.
Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo; 

Admita para Deus que os pensamentos dEle são muito mais elevados que os seus, e que você abandona suas idéias pré-concebidas de como o período de oração deveria transcorrer. Esteja pronto para deixar de lado pedidos de oração que você achava importantes se Deus tiver outros planos para este momento.

7. Peça a Deus por proteção enquanto ora e revista-se da autoridade apropriada sobre o inimigo.

Repreenda o inimigo e lembre-se da sua autoridade em Cristo.

Tiago 4:7  Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. 

Seja firme com o inimigo. Combata-o no nome Todo-Poderoso do Senhor e com a “espada do Espírito” — a Palavra de Deus.


8 . Louve-O antecipadamente e fique na expectativa de que Ele fale com você. Ele é um Deus admirável, e fará algo consistente com o Seu caráter.


9 . Espere em Deus em silêncio por alguns minutos (cerca de 3 ou 4). Aguarde o Senhor falar com você.

João 10:27  As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; 

Salmo 62:5  O minha alma, espera somente em Deus, porque dele vem a minha esperança. 


Miquéias 7:7  Eu, porém, olharei para o SENHOR; esperarei no Deus da minha salvação; o meu Deus me ouvirá. 


10 . Atente naquilo que surgir no seu coração e na sua mente; uma vez que eles foram entregues ao Senhor, portanto as coisas que surgem estão vindo dEle.

Imagens, versículos, impressões. Em obediência e fé, revele ao grupo aquilo que Deus trouxe à sua mente, crendo.

João 10:27  As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; 

Continue pedindo a direção de Deus, e esperando que Ele a indique para você. Ele irá indicar.

Salmo 32:8  Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos. 

Após alguns minutos, o líder pedirá a cada pessoa do grupo para compartilhar o que ela sente que deve ser colocado em oração. Se você não receber de Deus algum tema específico, fique à vontade para dizer isso aos outros. Se não aparecer um tema central, volte a orar, pedindo a Deus esclarecimento. Se possível, tenha sua Bíblia com você, caso Deus queira direcioná-lo ou dar confirmação através dela.

Salmo 119:105 Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho.


11. Ore crendo!

Ore por cada item antes de passar para o próximo tema para oração. O líder é responsável pela passagem de um tema para o seguinte. Não passe para o próximo item até que tenha sido dado a Deus tempo para revelar tudo o que Ele quer dizer a respeito daquele tema; especialmente quando orando em grupo. Tente abreviar suas orações e fazê-las da maneira a mais direta possível, orando com autoridade. Orações intermináveis ou que se perdem em divagações podem fazer com que o grupo perca o foco. Um longo silêncio é um bom indicador de que é hora de passar para o próximo item.

12. Termine com agradecimentos.

Quando Deus não mais trouxer à sua mente assuntos para oração, termine agradecendo-O pelo que Ele tem feito. Peça a Deus para tirar de você coisas que não devem ser levadas para fora das reuniões de intercessão. Termine com mais algum cântico e/ou orações de adoração pelas coisas que Deus fez durante a reunião de oração. Creia com fé que Deus ouviu os pedidos, e que Ele já está trabalhando! Agradeça a Deus por ter falado com você e pelo que a Sua vontade determinou.

Nota: Grande parte do texto acima foi reunido a partir das palestras de Joy Dawson. Abaixo, livros de Joy Dawson sobre oração:
* Intimate Friendship with God. Fleming H Revell Co; ISBN: 0800790847 (1986).
* How to Pray When Someone Near You is Far Away From God. YWAM Publishing (1990). Livreto.
* Some of the Ways of God in Healing. YWAM Publishing (1992).
* Intercession, Thrilling and Fulfilling. YWAM Publishing; ISBN: 1576580032 (1992). Capa dura.

COLABORAÇÃO DA COORDENADORA DE INTERCESSÃO LUZIA DAS GRAÇAS



Um comentário:

  1. Gostei muito da postagem. Falou ao meu coração! Que o Senhor continue abençoando.
    Missionária Elaine de Almeida.

    ResponderExcluir

Faça aqui o seu comentário.
Se não quiser comentar, registre sua visita com um "Oi, estive aqui!!"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VÍDEOS DA UFECON

Loading...

VÍDEOS - Membros e parceiros da Ufecon-Lene Figueiredo

Loading...

DEIXE SEU CONTATO

Sua ajuda é valiosa